Sobre openPetition

Começar uma petição e encontrar apoiantes

A openPetition apoia os peticionários e peticionárias na criação da sua petição, colecta de assinaturas e no envio da mesma ao destinatário relevante. Além disso, independentemente do processo formal da petição, a openPetition solicita a opinião dos parlamentares. Seja a preservação do clube juvenil, o desmantelamento de centrais nucleares, mudanças legislativas ou a instalação de geradores eólicos: Todos os dias, os utilizadores iniciam petições na nossa plataforma e contribuem para mudanças: locais, regionais, nacionais e pouco a pouco também a nível Europeu. Mais de 6 milhões de pessoas usam a openPetition e tornam-se parte da democracia digital.

A equipa da openPetition

Jörg Mitzlaff
Jörg Mitzlaff - estudou Informárica em Berlim e trabalhou como desenvolvedor de software e gerente de TI na Infoseek, eBay e idealo. Fez parte de Mehr Demokratie e.V. antes de fundar a plataforma openPetition em 2010. Desde 2012, é accionista e diretor administrativo da organização sem fins lucrativos openPetition GmbH.
Jessica Seip
Jessica Seip - é o nosso especialista em estratégias de campanha. O cientista cultural esteve activos no sector da rádio por vários anos antes da openPetition e, além dos nossos utliziadores, cuida também de ONGs.
Rita Schuhmacher
Rita Schuhmacher - é investigadora de comunicação social e editora política. Ela gere projetos da ferramenta openDemocracy e age como interlocutora entre política, utilizadores e imprensa na openPetition.
Jasmin Daum
Jasmin Daum - é editora da openPetition e está constantemente a desenvolver ideias para a expansão da plataforma com a sua equipa. Ela também administra a plataforma e apoia o início de petições para contribuir para processos sociais e políticos.
Pode ser você! - Trabalhe conosco em um projeto significativo com benefícios sociais e fortaleça nossa equipe em Berlim.

Aqui você encontrará vagas atuais.
Conner Defosse
Conner Defosse - é um prestador de voluntários federais na openPetition desde setembro de 2019. Ele está particularmente interessado na disseminação da participação política em todas as classes e gerações sociais, na questão de como a participação civil pode ser mais ouvida e como os processos participativos podem-se tornar mais simples e atraentes.
Anna Frey
Anna Frey - estuda consultoria de mídia e comunicação na Áustria e faz seu estágio obrigatório na equipe editorial da openPetition. Aqui, ela apoia a equipe nos negócios e relações públicas do dia-a-dia.
Maria Plass
Maria Plass - está atualmente concluindo seu estágio obrigatório no departamento editorial da Openpetition. Ela estuda política social sustentável com foco na comunicação e está muito interessada nos direitos da criança e na educação.
Philine Janus
Philine Janus - estuda estudos literários e estudos socioculturais no mestrado e apóia a equipe editorial como assistente de estudantes no apoio a usuários e relações públicas. Ela está interessada nos processos socioculturais por trás das petições e em como todas as partes da sociedade podem ser alcançadas através da participação digital.
Jonas Hantelmann
Jonas Hantelmann - é engenheiro de software na openPetition. Antes disso, ele estudou como especialista em TI de desenvolvimento de aplicativos e ensinou TIC numa escola no Gana.
Steven von Roden
Steven von Roden - Depois de estudar Business Information Systems em Dresden, o desenvolvedor de software mudou-se para Berlim. Aqui prefere trabalhar com software de código aberto e fica impressionado com a diversidade (musical) da cidade.
Thanh Dung Nguyen
Thanh Dung Nguyen - é desenvolvedora web na openPetition. Depois de estudar Ciências Cognitivas em Osnabrück, trabalhou como consultora de TI e viajou para o estrangeiro. Além de privacidade e democracia, a justiça social é um grande tema para ela.
Taubenschwarm
Ralf Engelmann - é um administrador de sistema honorário da openPetition. Ele está particularmente comprometido com a privacidade e a economia de dados. Ele trabalha a tempo inteoiro para um portal online de comparação de preços.

Muito obrigado aos nossos antigos olegas da openPetition.

A missão openPetition e como queremos alcançar os nossos objetivos

Tornar a política mais simples - Aconselhamos e apoiamos os peticionários, para que todas openPetições possam ter o máximo efeito - por outras palavras: que cheguem ao respectivo parlamento responsável lá sejam processadas.

Tornar a política mais visível - Garantimos que os políticos saibam o que move os cidadãos no seu círculo eleitoral. Nós desenvolvemos o radar eleitoral.

Tornar a política mais compreensível - Quando uma petição atinge o quórum openPetition, solicitamos ao respectivo parlamento, ou seja, a todos os representantes eleitos da região, uma tomada de posição.

Reenforçar os direitos de petições. - Estamos politicamente empenhados num sistema de petições mais eficaz. Para isso, dialogamos com políticos e administração nas comissões de petição na Alemanha, a nível federal e estatal e na Europa.

Trazer petições aos parlamentos de toda a Europa - Queremos abrir também as possibilidades do direito de petição on-line em outros países europeus e ajudar os cidadãos a endereçar suas preocupações aos seus representantes políticos através da participação on-line.

Modernizar a democracia parlamentar - Queremos um direito de iniciativa on-line actual e exigimos o direito a ser ouvidos e consultados sobre novas e urgentes preocupações dos cidadãos nos parlamentos e comités especializados.

Para atingir estes objetivos, a openPetition está envolvida com várias edes, alianças e iniciativas

Princípios e valores

Neutralidade e valores democráticos - A OpenPetition é politicamente neutra: não pretendemos influenciar a opinião política ou apoiar partidos políticos. Todas as causas de Petições, bem como recomendações para ONGs parceiras, não reflectem o nosso ponto de vista, mas mostram uma mistura diversificada de opiniões - não importa de onde você vem ou no acredita. Como queremos incentivar debates políticos construtivos, prestamos atenção ao cumprimentos dos nossos Termos e Condições: racismo, hostilidade e discriminação não têm espaço na nossa plataforma. Convidamos todos a intervir em circunstâncias justas. Vemos a diversidade de opiniões como um enriquecimento para discursos comuns e democráticos.

Política de Privacidade - A democracia digital só pode funcionar se os dados pessoais estiverem protegidos contra acesso não controlado do Estado e interesses económicos individuais. Caso os algoritmos influenciem a tomada de decisão política, estes devem ser transparentes e fáceis de entender. Os cidadãos e cidadãs devem manter o controle sobre seus dados e algoritmos de processamento de dados o tempo todo. O direito de esquecimento deve ser levado em consideração ao recolher os dados. Como organização de cidadãos não-governamental, queremos apoiar a ideia de democracia digital e proteger a sua pegada política na nossa plataforma. Leia a nossa Política de Privacidade.

Charta der Vielfalt iversidade - Na openPetition, a gestão da diversidade vai para além das políticas de pura igualdade e anti-discriminação: 0iversidade para nós também significa, isso também significa olhar para pessoas percursos de vida irregulares. O mais importante para nós é se os futuros funcionários partilham os nossos valores e a nossa missão democrática. Este é o pré-requisito para que cada pessoa se possa envolver na nossa plataforma, independentemente do género, nível de educação, idade, nacionalidade e da sua opinião política, dentro da estrutura da nossa ordem democrática.

Somos sem fins lucrativos

A openPetition é o resultado de uma iniciativa voluntária de Jörg Mitzlaff e está online desde abril de 2010. Em julho de 2012, a openPetition, organização sem fins lucrativos GmbH, foi fundada pelos parceiros Jörg Mitzlaff e Campact e.V.. A OpenPetition gGmbH está registada como uma organização sem fins lucrativos no registo comercial do tribunal distrital de Berlim-Charlottenburg sob o número HRB 144054 B. A OpenPetition gGmbH foi reconhecida pela administração tributária de Berlim para as empresas I com o objetivo de promover a educação, promover o estado democrático e promover o envolvimento cívico de acordo com o último aviso de isenção datado de 24 de janeiro de 2019, para organizações sem fins lucrativos.

Somos independentes

  • A openPetition é politicamente neutra. Os temas da plataforma abrangem todo o espectro político democrático. As exigências e declarações das petições não são assumidas pela openPetition - isso também se aplica a sugestões de Petições.
  • Relativamente a conteúdo aceitável na nossa página, só estamos responsabilizados de o filtrar de acordo com os nosso termos de uso. Os termos de uso baseiam-se em diretos e valores básico da democracia e são desenvolvidos a todo o momento através do dialogo com os nossos utentes.
  • A independência dos/das nossos/as associados/as está estipulada nos Artigos de associação.
  • Mais de 10.000 cidadãos e cidadãs empenhados apoiam o trabalho da openPetition com um donativo ou uma contribuição regular.
  • A independência financeira é importante para nós. Portanto, fundos ou bolsas do governo estão fora de questão para nós. Até ao momento, somos suportados financeiramente por donativos da rede de campanha Campact. e.V. e, em contrapartida, enviamos um e-mail de parceiro quatro vezes por ano. Outras ONGs e associações também podem publicitar os seus pedidos de petição em casos individuais mediante o pagamento de ma taxa. No entanto, o nosso objectivo é conseguir um financiamento próprio a 100%, através de pequenos donativos dos nossos utilizadores.

colectas em andamento

Ajude a fortalecer a participação cívica. Queremos que as suas preocupações sejam ouvidas, permanecendo independentes.

Apoiar agora